24 de set de 2010

primavera...

Escultura em papel JEN STARK - SPEED OF LIGHT
http://www.jenstark.com


PERMITAM-ME COLOCAR AQUI UMA CRÔNICA FEITA POR UMA PESSOA QUE ME ERA MUITO ESPECIAL, MINHA AVÓ...

CANÇÃO DA PRIMAVERA

Pobre, pobre Primavera! Chega meio estonteada, na esteira de um Inverno inteiramente sem compostura, que se divertiu a altenar ondas gélidas com dias abafadiços, calor causticante com aguaceiros, glórias ensolaradas com nevoeiros melancólicos, numa tremenda irresponsabilidade quanto ao seu dever precípuo, que é ser Inverno, decentemente, com frio de verdade, cobertores, acolchoados, malhas de lãs, chocolate escaldando, cafezinhos muitos, lareiras acesas, sopas no jantar, e manta nas pernas, para a leitura ou para a televisão.
Vem a pobrezinha e encontra tudo errado, tudo atrasado, chão de má vontade, árvores amuadas, sementes preguiçosas. Contudo, ciosa da sua reputação, vai ela tentando fazer algo, procurando afirmar-se, marcar a sua presença, que até agora só os ipês e os gerânios revelam, amigos fieis que são. Pobre, pobre Primavera! Por que insiste ela em ser funcionária do Tempo, quando já devia estar farta de saber que serviço público não compensa? Assinar rigorosamente o ponto quando nem o relógio competente funciona....Desmanchar-se em galas, exaurir-se em perfumes, desfazer-se em verdores, para quem?
A coitada ainda não percebeu o quanto se vem fazendo inútil. Fabricar flores....Para que, se a indústria nos presenteia com as de sua própria fabricação, aquelas que não dependem das estações do ano nem dos climas, e que são inexoravelmente desabrochadas, perpetualmente viçosas, odiosamente resistentes estupidamente pasmadas, as vitoriosas flores plásticas, ou de qualquer outro material sintético, que não dão trabalho algum, que não passam pelo estupendo processo da brotação, da floração, que não têm linda e efêmera existência, serena e justa morte? Por que insistiremos pelo autêntico da natureza, que, exatamente por ser autêntico, nasce, vive, e morre, se há o simulacro, a cópia, o arremedo, o permanente, o munificado, o que não morre porque nunca viveu, o que não enleva, não conforta, mas ali fica, enchendo vasos, fazendo de conta? Plantas de verdade, flores de verdade? Santo Deus! Dão tanto trabalho.....e tomam o lugar destinado ao barzinho indispensável. Jardim? Como seria possível num 20º andar, quando não se é propriamente uma Semíramos? Afinal, que pretende a Primavera com as suas exigências? Complicar a vida das pessoas?
Pobre, pobre Primavera, que se vai confinando às chácaras dos profissionais, às vitrinas dos floristas, aos quintais dos pobres – porque só pobre ainda tem quintal com copo de leite, sabugueiro, e margaridas. E que é recepcionada com alegria no pequeno retalho de terra de alguns obstinados, teimosos, impenitentes, que querem ouvir cantiga de passarinho nas árvores, apanhar ameixas, tangerinas, e amoras nos galhos, que procuram recompensar com elogios e beijos a penca de rosas, ou de orquídeas que vão florir a saudade junto de um retrato. Que fazem questão de não esquecer o cheiro da terra quando a chuva a abençoa, o jeito atrevido e triunfante do renovo fragílimo quando consegue romper a casca áspera e forte de um tronco, o perfume das flores de laranjeiras e giestas, quando se entrega à brisa.
Obrigada, velha amiga, pelos ipês, pelos gerânios, por todas as promessas de cor e beleza que vêm surgindo contigo. Canta tua canção, apesar de tudo. Canta teu hino de louvou à Natureza. Afirma como puderes a tua presença neste mundo robotizado e violento. Enquanto viveres, saberemos que ainda nos conservamos humanos.
(Tirado do livro de NAIR LACERDA “REFLEXOS CRÔNICAS”, de 1986 pag 242).

A PRIMAVERA É UMA DAS QUATRO ESTAÇÕES DO ANO. NO HEMISFÉRIO SUL, ONDE ESTÁ LOCALIZADO O BRASIL, COMEÇA DIA 23 DE SETEMBRO E TERMINA DIA 21 DE DEZEMBRO. COMO EU GOSTO DESTA ESTAÇÃO, POIS É UMA ÉPOCA EM QUE A NATUREZA FICA LINDA COM FLORES COLORIDAS E PERFUMADAS, OS ANIMAIS SE PREPARAM PARA A REPRODUÇÃO, AS PESSOAS PASSAM A FICAR MAIS ALEGRES DEIXANDO AQUELE AR SOMBRIO E TRISTE QUE O INVERNO CINZENTO CAUSA NELAS.
alt
UMA ÓTIMA PRIMAVERA A TODAS (OS)

BJOSS SURTADINHOSSS
ROSANA





blog