11 de mai de 2011

IMAGINEM DUAS MULHERES....



NAN LAURINO

UMA DELAS MORA NUMA MANSÃO, NUM BAIRRO NOBRE DE UMA CIDADE. SUA CASA É LINDÍSSIMA E SEGURA. ELA TEM AMIGAS VERDADEIRAS, COM AS QUAIS TEM PASSADO PELAS COISAS BOAS E RUINS DA VIDA. ELA ACORDA NUM BELO DIA E DECIDE QUE QUER DAR UMA FESTA PARA CELEBRAR AS AMIZADES. ENTRANDO EM SUA SALA DE JANTAR, ELA CUIDADOSAMENTE OBSERVA O AMBIENTE. A DECORAÇÃO CONTA COM MÓVEIS FINOS, OBRAS DE ARTES DE PREMEIRÍSSIMA QUALIDADE E UMA LUXUOSA MESA DE JANTAR. É PERFEITO, ELA CONCLUI, EXCETO POR NOTAR QUE UMA PLANTA FLORIDA BEM NO CENTRO DA MESA FAZ MUITA FALTA. ELA ENTÃO DECIDE SAIR COM O SEU MERCEDES PARA ACHAR A PLANTA PERFEITA NUMA FLORICULTURA NO SHOPPING CENTER. ENTRETANTO NA FLORICULTURA, ELA IMEDIATAMENTE VÊ A PLANTA QUE QUER. SEM SE IMPORTAR COM O PREÇO, ELA A COMPRA E VOLTA PARA A SUA CASA. AO RETORNAR, COM TODO CUIDADO, ELA A CARREGA ATÉ A MESA DE JANTAR, COLOCANDO-A BEM NO CENTRO. ELA PENSA: “ISTO É PERFEITO!”
A OUTRA MULHER TAMBÉM ACORDA CEDO, NO MESMO DIA, NUMA PERIFERIA INSEGURA E POBRE, NA MESMA CIDADE. ELA CAMINHA ATÉ SUA PEQUENA COZINHA E SENTA NUMA DAS BANQUETAS QUE CERCAM SUA MESA QUE, DE TÃO PEQUENA, QUASE NÃO CABE NA COZINHA DA HUMILDE RESIDÊNCIA, QUE ELA CHAMA DE LAR. PENSANDO EM SUAS AMIGAS ÍNTIMAS, ELA RESOLVE OFERECER UMA FESTA NAQUELA NOITE PARA AGRADECÊ-LAS PELO APOIO E AMOR QUE TEM DEMONSTRADO DIANTE DE CIRCUNSTÂNCIAS DIFÍCEIS. AO OLHAR O PEQUENO RECINTO, ELA PENSA QUE UMA PLANTA FLORIDA ALEGRARIA O AMBIENTE E, ASSIM, DECIDE COMPRAR A MELHOR PLANTA POSSÍVEL. SAINDO DA CASINHA, ELA ANDA NA RUA DE TERRA E PEDREGULHOS, SEM ASFALTO, ATÉ O PONTO DE ÔNIBUS ONDE SEU “MERCEDES” LOGO PASSARÁ DIRIGIDO POR SEU “MOTORISTA PARTICULAR”. CHEGANDO AO SHOPPING, ELA ENTRA NA FLORICULTURA PROCURANDO A PLANTA FLORIDA. ELA ESCOLHE UMA PLANTA EXATAMENTE IGUAL ÀQUELA QUE A PRIMEIRA MULHER LEVOU. O PREÇO REPRESENTA UMA FORTUNA PARA ELA! MESMO ASSIM, ELA DECIDE GASTAR, COM ALEGRIA. CARREGANDO SUA COMPRA PRECIOSA, ELA PEGA UM SEGUNDO ÔNIBUS DE VOLTA PARA A PERIFERIA. ENTRANDO EM SUA HUMILDE RESIDÊNCIA, ELA ORGULHOSAMENTE COLOCA A FLOR NA PEQUENA MESA E PENSA: “ISTO É PERFEITO!”
VOCÊ CONSEGUE VISUALIZAR AS DUAS CENAS EM SUA MENTE? DAS DUAS PLANTAS, QUAL FARÁ O MAIOR ESFORÇO PARA REVELAR SUA BELEZA E PERFEIÇÃO, DIANTE DA CHEGADA DAS AMIGAS NOS DOIS LARES? QUAL PLANTA TENTARÁ IMPRESSIONAR MAIS? NENHUMA DAS DUAS! A PLANTA PROPORCIONOU A CADA UMA DAS DUAS, A MESMA BELEZA E PERFEIÇÃO, INDEPENDENTE DO LUGAR. AS PLANTAS FLORIDAS NÃO JULGAM E NUNCA PECAM. ELAS SÃO ASSIM PORQUE VIVEM, MOMENTO A MOMENTO E VIVEM PLENAMENTE SATISFEITAS.
É ASSIM QUE DEIXAMOS DE VER A BELEZA DAS COISAS E PRESTAMOS SEMPRE ATENÇÃO NO LUGAR, SE É LUXUOSO OU NÃO.
(Recebido por e-mail, desconheço autoria)