4 de jun de 2012

é do putz grila...

- Pai! Ô PAI!!!
- Que é, minha filha?
- Você ta na televisão!! Vem ver!!
- Ah. É mesmo. Isso foi na reunião do Conselho.
- Você ta rindo lá. Alguma piada?
- Não. É que estávamos contentes com o resultado do nosso relatório.
- Que relatório, pai?
- O que decidiu pela cassação de um deputado.
- Nossa! Vocês vão caçar uma pessoa?
- Não, filha. Não é caçar com cê cedilha. É cassar com dois esses. Significa fazer com que ele perca seu mandato de político.

- Ai, pai, tadinho!
- Tadinho nada, filha! Ele andou pegando um dinheiro aí que não devia. E ainda contou um monte de mentiras.
- Puxa. E vocês já cassaram muitas pessoas?
- Não. Só três. Nove foram inocentados.
- Ué. Se vocês julgam culpado, quem é que inocenta?
- Os colegas dos culpados. Deputados.
- Pai. Vocês deixam que os bandidos julguem outros bandidos?
- Que é isso, filha! Que falou que eles são bandidos?
- Ué.. O que pegou o dinheiro é bandido. E os outros são colegas dele. Colega de bandido é bandido!... Olha lá você de novo na televisão, pai! Ué... Agora você ta tristinho...
- É. Isso foi ontem. Depois que eles inocentaram mais um. Eu desisti de ser conselheiro.
- Nossa pai. Mas o senhor era conselheiro de quê?
- Da comissão de ética.

- Ética? O que é ética?
- Filha, isso é complicado. Mas vou tentar te explicar. Ético é tudo aquilo que eu faço e que depois posso, tranqüilamente, contar pra sua mãe, pra você e pro seu irmão na hora do jantar. Entendeu?
- Acho que sim. Ética é aquilo que é certo, né?
- É... digamos que sim.
- Quando aquele homem pegou o dinheiro que não devia ser dele ele fez coisa errada, né?
- É. A gente diz que ele quebrou a ética. Por isso a gente considera que ele não é digno de continuar representando o povo.
- Mas os colegas dele não acham isso!
- Pois é. 
- Então pra quê serve o tal Conselho?
- Pois é... por isso estou triste. Tivemos um baita trabalho pra provar que os caras eram culpados e não serviu pra nada.

- Pai... Não dá pra chamar a polícia?
- Não adianta.
- Como não adianta?
- Os caras têm imunidade parlamentar.
- Imunidade pra lamentar?
- Imunidade parlamentar. São Deputados. Não podem ser presos.
- Mas meteram a mão na grana!
- Mas não podem ser presos. Pra isso tem que perder o mandato. Mesmo que sejam culpados, se não perderem o mandato, não podem ser presos!
- Mas pai, os colegas deles não deixam eles perderem o mandado!
- Pois é.
- Não vão ser presos nunca!
- Pois é.
- E vão continuar pegando o dinheiro.
- Pois é.

- ....Pai...
- O que é filha?
- Posso te pedir uma coisa?
- Claro!
- A partir de hoje quero que a mamãe me leve pra escola.
- Ué? Não vai mais comigo?
- Não, pai. Você é deputado. 
- E daí?
- Vão achar que sou colega sua.

TEXTO RETIRADO DA PÁGINA PUTZ GRILA, NO FACEBOOK...

ACHEI ESSE TEXTO O MÁXIMO!!!
ESTAMOS PRECISANDO DE MAIS MENINAS COMO ESSA....
BOM INÍCIO DE SEMANA POVO SURTADO!
BEIJOKAS,


Crie glitters aqui!