10 de out de 2013


O texto abaixo foi retirado na íntegra, com todos os erros de português...tal qual se encontra na fonte.
Blogue de leomineiro :Poesia, Auto-ajuda, Romance, contos, Sonetos, Pensamentos, Historias de amor, Paixão, Amor, Um momento de sabedoria
Momento de sabedoria

Quem nunca teve um amigo, ou amiga passando por algum tipo de dificuldade na vida.
Que lhe tenha procurado ou comentado de certos problemas que não tenha lhe pedido um conselho não é mesmo
É a coisa mais normal do mundo
Nos seres humanos mesmo com tantas imperfeições sempre estamos dispostos a ajudar os que amamos
Ate mesmo um desconhecido não é?
Essa bondade que flui de nossos corações e a verdadeira essência divina
Vou lhes contar uma historia reflitam
A muito mais a muito tempo atrás num vila régio do norte da África
Existia um jovem que tinha uma mania muito estranha sempre que ele tinha alguma frustração
Ele começa a comer açúcar
Comia de uma forma tão impulsiva que já estava lhe fazendo mal a saúde
Não tinha hora certa era cedo, tarde e noite.
Uma senhora comentou com a mãe do menino que perto dali onde moravam
Existia um sabia que de tudo via e de tudo sabia
Que ele iria resolver o problema compulsivo do seu filho
A jornada era longos dois dias de viagem a pé
Sua mãe já tinha tentado tudo para que o menino parasse de comer açúcar
E foi ate lá nessa montanha onde o sábio morava
Era um lugar muito afastado de tudo e todos
Dois dias se passaram eles chegaram à casa do sábio
Chegando lá a mãe do menino foi logo dizendo sabia
Por favor, ajude meu filho...
Antes que ela terminasse de falar o sabia interrompeu-a
E disse:
Já sei minha senhora seu filho não para de comer açúcar não é mesmo
A mão do menino se assustou e indagou-lhe
Como o senhor sabia
Ele disse eu sei de tudo minha senhora
E continuou
Traga teu filho daqui a Duas semanas e eu lhe darei a resposta
A mãe decepcionada pensando que seu filho seria cuidado naquele dia
Concordou e foi se embora
Passaram se duas semanas a mãe voltou com seu filho
Chegando na casa do sábio o sabia disse
Seu filho ainda continua a comer açúcar não é mesmo
A mãe disse sim e esta ficando pior cada dia ele come mais e mais
O sábio disse volto daqui uma semana
A mãe revoltada virou-se e foi embora
Nisso passou uma semana ela voltou com seu filho e a mesma coisa ele pedia mais uma semana, duas semanas.
Nisso já tinha se passaram seis semanas e seu filho ficava pior, comia mais e mais açúcar.
A mãe já tinha se decido que aquele homem não era nenhum sabia mais sim um enganador da fé das pessoas
Que em todos esses dias ele não fez nada pra curar seu filho e que não iria mais voltar
Quando sua amiga que tinha indicado o tal sabia lhe disse
Minha amiga volte ele sabe o que faz confie
Se não acredita no sábio acredite em seu filho que ele pode se curar
E mais mesmo não acreditando voltou com sem filho a casa do sábio
Chegando la
O sábio olhou bem nos olhos do menino e o perguntou:
Menino você ainda come açúcar?
O menino respondeu:
Sim sabia como todos os dias
O Sabia virou-se para o menino e disse:
Menino pare de comer açúcar, isso não lhe faz bem para sua saúde
E falou com a mãe pode ir embora ele não vai comer mais açúcar
A mãe revoltado longo disse
Você acha que sou tola, que apenas com essas palavras ele vai parar de comer.
Eu sempre falo com ele pra parar ele nunca para
Nessas semanas todas você não disse uma só palavra com ele e hoje você fala isso pare de comer açúcar?
O sábio calme lhe esclareceu
Minha senhora eu não falei pra ele parar de comer açúcar antes porque eu também comia
Como posso eu aconselha alguém a não fazer alguém se eu faço o mesmo ou ate coisas piores
Seu filho não deixou de comer açúcar quando a senhora pediu
Porque a senhora tem vários vícios e não consegue larga-los
Como pode alguém escutar algo de uma pessoa que não consegue nem mesmo se ajudar?
A senhora se calou se sentiu envergonhada por ter julgado tão mau o sábio e foi se embora com seu filho
Passaram três dias o menino tinha se curado e não comia mais açúcar
Moral:
Como podemos aconselhar alguém algo se tem os mesmos defeitos ou até piores
Como podemos nos sentir melhor que alguém a ponte de lhes chamar a atenção
Se não temos capacidade de aconselhar a nos mesmos?
Por isso
Sempre que aconselha alguém
Seja sincero diga-os que talvez você não seja a melhor pessoa para aconselhar
Mais se a pessoa confia tanto em você a ponto de afirmar que sim
E você sentir em seu coração
Fale com o coração
Pois as palavras do coração
Jamais serão traduzidas pelo orgulho, pois nos sentimentos divinos.
Os idiomas são um só, uma mesma língua, o mesmo sentido e o mesmo proposito.
Amai-vos o teu próximo como a ti mesmo‼‼

COM OU SEM ERROS...É UM BELO TEXTO...
PENSEI ATÉ EM CORRIGIR, MAS PERDERIA SUA INOCÊNCIA OU A ESSÊNCIA DE QUEM O ESCREVEU...
ABRAÇOS APERTADINHOS E 
BEIJOKAS SURTADAS,
REGINA