25 de nov de 2013

APESAR DE VOCÊ...

TIRANDO O FATO QUE SEU AUTOR ANDOU DANDO ALGUNS PASSOS PARA TRÁS - APARENTEMENTE - COM RELAÇÃO À CENSURA, ESSA É UMA DAS MÚSICAS MAIS EMBLEMÁTICAS DE NOSSA HISTÓRIA BRASILEIRA.
POUCO IMPORTA QUEM CHICO BUARQUE É OU PENSA HOJE. EM 1970, ELE ERA FENOMENAL!
SUAS MÚSICAS E LETRAS CONTINUAM SENDO O QUE SEMPRE FORAM:
FENOMENAIS, INTELIGENTES E COERENTES.
APROVEITEM!!!!


No programa "Ensaio" da TV Tupi, em 1973.
Como já vigorava a censura prévia, Chico enviou a letra ao órgão crente de que ela seria vetada. Mas não. A música foi liberada, lançaram um compacto com "Apesar de você" de um lado e "Desalento" de outro, e em uma semana mais ou menos quase cem mil cópias foram vendidas. A música já era adotada como hino de resistência aos militares quando um jornal publicou uma notinha dizendo que o "você", na verdade, era o general Médici. Chamado para depor, Chico disse que a música era para uma mulher muito mandona, mas não colou. A música foi proibida de ser executada e todos os compactos recolhidos e queimados.
No entanto, a matriz da gravação continuou intacta e pôde ser aproveitada oito anos mais tarde, quando a música foi liberada pela censura. Embora o artista já estivesse em outros caminhos e com outros projetos, "Apesar de você" foi incluída no disco de 1978, popularmente conhecido como Samambaia, só para fazer parte de sua discografia, como documento mesmo.
Anos mais tarde, Chico diria que o "você" da música não era um general MÉDICI, e sim uma generalidade. Foi uma reação frente à situação negativa da época. É uma de suas poucas músicas feitas realmente com um intuito político. Depois desse episódio, o censor que liberou a música foi despedido, e a marcação em cima de Chico aumentou e muito.
http://www.artilhariacultural.com/?p=...


Hoje você é quem manda
Falou, tá falado
Não tem discussão
A minha gente hoje anda
Falando de lado
E olhando pro chão, viu
Você que inventou esse estado
E inventou de inventar
Toda a escuridão
Você que inventou o pecado
Esqueceu-se de inventar
O perdão

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Eu pergunto a você
Onde vai se esconder
Da enorme euforia
Como vai proibir
Quando o galo insistir
Em cantar
Água nova brotando
E a gente se amando
Sem parar

Quando chegar o momento
Esse meu sofrimento
Vou cobrar com juros, juro
Todo esse amor reprimido
Esse grito contido
Este samba no escuro
Você que inventou a tristeza
Ora, tenha a fineza
De desinventar
Você vai pagar e é dobrado
Cada lágrima rolada
Nesse meu penar

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Inda pago pra ver
O jardim florescer
Qual você não queria
Você vai se amargar
Vendo o dia raiar
Sem lhe pedir licença
E eu vou morrer de rir
Que esse dia há de vir
Antes do que você pensa

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Você vai ter que ver
A manhã renascer
E esbanjar poesia
Como vai se explicar
Vendo o céu clarear
De repente, impunemente
Como vai abafar
Nosso coro a cantar
Na sua frente

Apesar de você
Amanhã há de ser
Outro dia
Você vai se dar mal
Etc. e tal
IMAGEM
BOM INÍCIO DE SEMANA POVO SURTADO!
BEIJOKAS,