16 de jul de 2014

Viva...

IMAGEM


Cada dia sem temer o que irá encontrar, mas, sim, tendo a certeza de que traz consigo a força necessária para recomeçar quantas vezes forem necessárias.
Sem se prender às paisagens tristes que chegarem a sua existência;
pelo contrário, passe por elas, aprenda, evolua, mas jamais desista de ir atrás de novas paisagens.
Com o brilho da esperança no olhar, mesmo que precise atravessar caminhos de escuridão, jamais perca a sua esperança!

Viva...
A colorir a sua vida, porque os problemas podem sim lhe preocupar, mas jamais tirar a sua alegria de viver.
A lembrar que você é um Espírito em constante evolução, por isso, busque assimilar as lições que a vida lhe apresenta.
Compreendendo que haverá momentos em que decisões precisam ser tomadas, caminhos escolhidos, mas que ao invés de medo, tenha confiança, sozinho não está e o que hoje não consegue compreender, amanhã irá se clarear.

Viva...
Sem se lastimar diante do que não realizou, dos sonhos que não se concretizaram, dos caminhos que não pode continuar, dos planos que foram alterados, mas, sim, viva, enxergando a luz que sempre está a iluminar os seus passos e lhe mostrar novos horizontes.
Busque novos ideais, acredite, ouse, tenha fé e vá adiante!
A dançar a sua música preferida, mesmo que ela não toque mais, não importa, os bons momentos ficam eternizados em nosso coração.

Viva...
A sorrir para quem encontrar, mas principalmente a sorrir para si mesmo, porque só assim passamos a compreender o quanto somos especiais e o quanto de talentos trazemos conosco.
A acordar a cada dia, disposto a fazer algo diferente, descobrir novos prazeres, prosseguir e aos poucos, perceber que não é tão fraco quanto imaginava.

A não se vergonha das quedas, porque sempre irá se levantar e ao retornar o caminho, levará consigo novos aprendizados.

Viva...
A se autodescobrir, a se enxergar como a centelha de luz dita pelo Mestre e como tal, a sair pelo mundo, aumentando mais ainda essa luz e descobrindo o quanto pode realizar.

Sem aceitar a imagem de vítima ou fracassado, enxergue-se como um Espírito que ainda tem muito a realizar e, principalmente, que já pode realizar. 

Siga em frente!
Sem achar que é o fim quando uma tempestade surgir de repente e mudar os rumos da sua vida.

Viva...
Não com o olhar abatido e voltado para o chão, mas sim, confiante e caminhando, porque nova estrada está prestes a surgir.

Sonia Carvalho


BEIJOKAS SURTADAS,
REGINA