26 de dez de 2011

O NOSSO NATAL

IMAGEM

COMO FOI O NATAL DE VOCÊS? ESPERO QUE TENHA SIDO BOM. A CASA ESTAVA CHEIA? OS PARENTES VIERAM? GANHARAM PRESENTES? A CEIA FOI BOA? O MEU NATAL FOI BOM E FEZ A DIFERENÇA ESTE ANO. TODO ANO NESSA ÉPOCA DIZEMOS SEMPRE QUE TEMOS QUE FAZER UM GESTO CONCRETO, É MUITO FÁCIL FALAR, MAS FAZER...PREGAMOS A TODA HORA QUE DEVEMOS AJUDAR AS PESSOAS, MAS FICAMOS NA TEORIA E NÃO PARTIMOS PARA A PRÁTICA. AJUDAMOS SIM, ARRECADAMOS LEITE PARA AS CRIANÇAS DE UMA CASA QUE O GRUPO DE CASAIS AJUDA O ANO INTEIRO. MAS SERÁ QUE É O BASTANTE? PARA ALGUNS SIM, ACHAM QUE JÁ ESTÃO FAZENDO A PARTE DELES. ENTÃO RESOLVEMOS QUE FARÍAMOS UM GESTO CONCRETO E QUE NÃO FICARÍAMOS NA TEORIA. UM AMIGO TEVE UMA IDEIA, PORQUE NÃO FAZER UMA CEIA DE NATAL E DISTRIBUIR PARA ALGUMAS FAMÍLIAS CARENTES OU PESSOAS QUE SÃO COMPLETAMENTE SOZINHAS, MUITO CARENTES MESMO. COMPRAMOS A IDEIA E A REALIZAMOS JUNTAMENTE COM OUTROS AMIGOS QUE SE PRONTIFICARAM A AJUDAR. LEVANTAMOS CEDINHO NO SÁBADO E FOMOS PARA A COZINHA DO SALÃO DA IGREJA PREPARAR UMA CEIA SIMPLES, SABOROSA, NO CAPRICHO E BEM GOSTOSA. UM AMIGO QUE NÃO PODE PARTICIPAR PORQUE TINHA VIAGEM MARCADA, RESOLVEU AJUDAR DE OUTRA FORMA DOANDO 70 CAIXAS DE BOMBONS GAROTO PARA SER COLOCADO NA CESTA MESMO SENDO VÉSPERA DE NATAL, E COMO TODOS, TERÍAMOS AINDA QUE FAZER A NOSSA PRÓPRIA CEIA, ESTÁVAMOS EMPOLGADOS. AO TODO ÉRAMOS 11 PESSOAS FAZENDO PELA PRIMEIRA VEZ ALGO QUE NUNCA IMAGINARÍAMOS FAZER. AO TODO FIZEMOS 300 MARMITAS DISTRIBUÍDAS EM 70 SACOLAS E ASSIM ÁS 16 HS ESTAVA TUDO PRONTO. NOSSO AMIGO ENTÃO, ESTAVA MUITO FELIZ E AGRADECEU A TODOS PELA AJUDA E DISPENSOU AQUELES QUE PRECISARIAM IR EMBORA, ASSIM ELE E SUA FAMÍLIA, NÓS E UM OUTRO AMIGO FICARÍAMOS PARA DISTRIBUIR. QUASE NA HORA MARCADA PARA COMEÇAR A DISTRIBUIÇÃO O TEMPO FECHOU, CAIU UMA CHUVA MUITO FORTE COM DIREITO A GRANIZO E VENTOS E ISSO FEZ COM QUE SÓ TRÊS PESSOAS FOSSEM BUSCAR AS SUAS CESTAS. FICAMOS ESPERANDO MAIS UM TEMPO ATÉ QUE VIMOS QUE NINGUÉM MAIS APARECERIAM. E AGORA? TRABALHAMOS O DIA TODO, FIZEMOS TODAS AQUELAS CEIAS, O QUE IRÍAMOS FAZER? COMO TÍNHAMOS QUE IR EMBORA, RESOLVEMOS ENTÃO QUE SE CADA UM PEGASSE ALGUMAS SACOLAS E NO CAMINHO PARA CASA DISTRIBUÍSSE JÁ AJUDARIA E O RESTANTE, ELE AVISARIA NA MISSA QUE SE TIVESSE ALGUÉM QUE QUISESSE AJUDAR A DOAR UMA SACOLA A UMA FAMÍLIA CARENTE OU A UMA PESSOA MORADORA DE RUA, ERA SÓ PEGAR NA SAÍDA. PEGAMOS 6 SACOLAS E FOMOS EMBORA, A CHUVA NÃO DAVA TRÉGUA. FICAMOS PENSANDO COMO IRÍAMOS DISTRIBUIR A NOSSA PARTE, QUANDO NOS DEPARAMOS COM UMA CATADORA DE PAPEL, EMPURRANDO SEU CARRINHO AO LADO DE DUAS CRIANÇAS NUMA CHUVA DAQUELAS. PARAMOS O CARRO PERTO DELA, QUE FICOU DESCONFIADA, ENTREGAMOS UMA SACOLA E CONTAMOS O QUE TINHA DENTRO. SÓ O SORRISO E A FELICIDADE DELA, JÁ GANHAMOS O DIA. NÃO CANSAVA DE AGRADECER DE DESEJAR UM FELIZ NATAL, DESEJAMOS O MESMO E SEGUIMOS EM BUSCA DE MAIS ALGUÉM. ENCONTRAMOS OUTRO CATADOR DE PAPEL, QUE ESTAVA COM O FILHO PEQUENO E LHE ENTREGAMOS A SACOLA. ATÉ CHEGARMOS EM CASA CONSEGUIMOS ENTREGAR MAIS UMA SACOLA. SOBRARAM 3, DECIDIMOS ENTÃO QUE QUANDO FOSSEMOS PARA A CASA DA FILHOTA TENTARÍAMOS ENTREGAR AS RESTANTES. QUANDO CHEGAMOS EM CASA, MEUS FILHOS E NORINHA, JÁ ESTAVAM PRONTO NOS ESPERANDO E PERGUNTARAM PORQUE DEMORAMOS TANTO. RELATAMOS O QUE ESTÁVAMOS FAZENDO ENQUANTO VOLTÁVAMOS PARA CASA E QUE SÓ CONSEGUIMOS ENTREGAR METADE. AO VER O INTERESSE DELES EM SABER COMO AS PESSOAS REAGIRAM, ME DEU A SENSAÇÃO DE QUE ESTE NATAL SERIA MARCANTE PARA A NOSSA FAMÍLIA. COMBINAMOS QUE NESTE NATAL FARÍAMOS TUDO MUITO SIMPLES E QUE NÃO FARÍAMOS TROCA DE PRESENTES E ASSIM FOI FEITO.  ENQUANTO ARRUMÁVAMOS AS COISAS, MEU FILHO PERGUNTOU SE NÃO PODERÍAMOS TENTAR ENTREGAR AS SACOLAS RESTANTES. ASSIM ENTRAMOS NO CARRO E NO CAMINHO ATÉ A CASA DA FILHOTA CONSEGUIMOS ENTREGAR MAIS UMA, AO CHEGARMOS AINDA RESTAVAM DUAS. CONTAMOS PARA ELA O QUE ESTÁVAMOS FAZENDO E POR ISSO ESTÁVAMOS CHEGANDO ÀQUELA HORA. NESSE MOMENTO MEU FILHO PEDIU AO PAI PARA TENTAR ENTREGAR AS RESTANTES E SAÍRAM. QUANDO VOLTARAM TINHAM CONSEGUIDO ENTREGAR SÓ UMA DELAS. CHOVIA MUITO E ELES DECIDIRAM QUE A ULTIMA ENTREGARIAM NO DIA SEGUINTE, PORQUE JÁ ESTAVA MUITO TARDE. AO LIGARMOS PARA O NOSSO AMIGO ELE NOS CONTOU QUE AO DAR O AVISO NO FINAL DA MISSA SOBRE AS SACOLAS, AS PESSOAS RESOLVERAM AJUDAR E CADA FAMÍLIA PEGOU UMA SACOLA PARA ENTREGAR A ALGUÉM E QUE ELE TINHA NAQUELA HORA O RETORNO QUE TODAS TINHAM SIDO ENTREGUES. CONTAMOS QUE SÓ FALTOU SER ENTREGUE UMA, MAS QUE FARÍAMOS NO DIA SEGUINTE. NA HORA DA CEIA AO FAZERMOS A NOSSA ORAÇÃO DE AGRADECIMENTO POR ESTARMOS JUNTOS, TIVE A CERTEZA QUE ESTE NATAL FOI REALMENTE MARCANTE PARA A NOSSA FAMÍLIA, POIS CADA UM COLOCOU A SUA SENSAÇÃO DE VER O SORRISO DAS PESSOAS AO RECEBER UMA SACOLA COM UMA CEIA SIMPLES PARA NÓS, MAS QUE PARA ELES SIGNIFICAVA UM BANQUETE E QUE TODOS SE SENTIRAM MUITO BEM POR TER PARTICIPADO UM POUQUINHO DESSE MOMENTO E QUE ESTE NATAL ESTAVA SENDO O MELHOR QUE JÁ TÍNHAMOS PASSADO. ONTEM UM POUCO ANTES DO ALMOÇO, ESQUENTAMOS AS MARMITAS E MEU MARIDO SAIU PARA LEVAR O FILHOTE E NORINHA QUE IRIAM ALMOÇAR COM A FAMÍLIA DELA, E NO CAMINHO ENCONTRARAM UM MORADOR DE RUA E ENTREGARAM A ULTIMA SACOLA. A PESSOA FICOU MUITO FELIZ E DISSE QUE ERA MUITO, MAS QUE IRIA REPARTIR COM UMA OUTRA QUE TAMBÉM PRECISAVA. SEI QUE EXISTEM MUITAS PESSOAS QUE FAZ ISSO TODOS OS ANOS E QUE NÃO É NOVIDADE NENHUMA, MAS PARA QUEM NUNCA FEZ POSSO DIZER QUE É UMA EXPERIÊNCIA MARAVILHOSA.

BJOSS SURTADINHOSS