8 de nov de 2012

DÁ UMA LIDA...QUEM SABE!?!



cuidado com o que você deseja...


“Quando você se perdoa e deixa ir as mágoas, não apenas faz sair um grande peso de seus ombros como abre a porta para o amor por você mesmo.” (Louise L.  Hay)

Dez passos para amar a si mesmo
Extraído do livro: O PODER DENTRO DE VOCÊ de Louise L. Hay
Resumo feito por Angelica Madeira – 17 março de 2007

Pare de se criticar

Quando você diz constantemente a si mesmo que é ótimo, não importa o que esteja acontecendo, fica muito mais fácil fazer mudanças em sua vida. A dificuldade surge quando você se faz de mau. É comum pessoas que cresceram em lares que funcionavam mal acabarem se tornando super responsáveis e adquirindo o hábito de se julgarem duramente. Por terem crescido em um ambiente cheio de tensão e ansiedade, gravaram em si mesmas mensagens como: “Deve haver algo errado comigo”. Pense nas palavras que você usa quando se repreende.

Pare de amedrontar-se

Muitos de nós se atemorizam com pensamentos assustadores e tornam as situações piores do que são. Pegamos um pequeno problema e o transformamos em um monstro. Isso cria situações terríveis, pois não há nada mais desagradável do que viver sempre esperando o pior que a vida pode oferecer.
Se você é desses que estão sempre revendo uma imagem ou situação negativa em sua mente, crie uma cena positiva da qual realmente goste para substituir.

Ligue essa imagem assim que se surpreender com pensamentos negativos.

Seja gentil e paciente consigo mesmo

O autor Oren Arnold descreve com bom humor:

“Querido Deus, rogo por paciência, quero tê-la agora mesmo”, a maioria das pessoas sofre porque estão sempre esperando uma gratificação imediata. Elas se irritam com filas ou quando enfrentam um trânsito lento. Pessoas assim costumam tornar muito complicada a vida dos outros devido a sua impaciência. – A impaciência nada mais é do que a resistência ao aprendizado, pois reflete o desejo de saber as respostas sem estudar adequadamente ou querer resultados sem tomar as medidas adequadas.

Lembre-se de que todos cometemos erros e que não há nada de mau em errar enquanto estamos aprendendo.

Seja gentil com sua mente

Não se reprove ou odeie por ter pensamentos negativos. Procure sempre imaginar que seus pensamentos o estão construindo, jamais o agredindo. Também não se culpe por suas experiências negativas; aprenda com elas. Ser gentil com sua mente significa afastar dela toda a culpa, as acusações, os castigos e a dor.

Diga a você mesmo: Eu te amo, tudo está bem. Note o quanto isso é capaz de acalma-la.

Repita palavras soltas durante o dia como: amor, paz, carinho, ou qualquer outra que tenha um significado especial para você.

Pratique a meditação e observe os pensamentos que vêm a sua mente.

Elogie-se

A crítica derrota o espírito interior, o elogio o faz crescer. Reconheça o poder que existe em você, a parte de Deus que há em seu interior. Todos nós somos expressões da Divina Inteligência.

Aprenda a se elogiar, começando com pequenas coisas. Todavia não adianta se elogiar apenas uma vez ou outra, quando achar que fez algo de extraordinário. Elogie-se constantemente, nem que seja um minuto por dia. Essa prática ficará cada vez mais fácil com o tempo.

Procure apoio

Devido a problemas vividos na infância, um número exagerado de pessoas acabou aprendendo a se tornar auto-suficiente e não consegue pedir ajuda nas horas de necessidade. Não exite em procurar apoio em seus amigos. Permita que eles o auxiliem. Em vez de tentar fazer tudo sozinho e depois enfurecer-se consigo por ser incapaz de resolver um problema, recorra à ajuda externa.

Ame suas falhas

Lembre-se sempre de que mesmo aquilo que você considera seu maior defeito é parte de seu ser e também foi criado por Deus. Fazemos escolhas negativas por ser parte da natureza humana.

Não importa qual seja a situação negativa que você está enfrentando, pense que ela existe por algum motivo, talvez para lhe ensinar algo ou procurar um modo mais positivo de atender a suas necessidades. Quem vive dizendo: “Odeio meu emprego, odeio minha casa, odeio minha doença, odeio meus relacionamentos, odeio isso ou aquilo”, não está fazendo nada para que o bem entre em sua vida.

Sejam quais forem seus padrões negativos, você sempre pode atender a suas necessidades de maneira mais positiva. Por isso considero importantíssimo sempre nos perguntarmos diante de uma situação desagradável: “O que estou querendo ganhar com isso?” Essa é uma resposta que quase ninguém gosta de dar. No entanto, quem realmente olha para sim próprio e está disposto a ser honesto consigo mesmo a encontra com facilidade.

É bastante freqüente a resposta a uma pergunta desse tipo ser algo como: “Agindo assim eu consigo a atenção de  (minha filha, marido, amiga, mãe, pai, etc)”. Então percebendo claramente qual é  o verdadeiro problema, a pessoa poderá tentar receber essa atenção de maneira mais positiva.

O humor é extremamente poderoso nas situações difíceis.

Cuide de seu corpo

Pense em seu corpo como sendo uma casa maravilhosa em que você morará por algum tempo. Por acaso você gostaria de morar em uma casa suja e maltratada? Então cuidado com o que põe dentro dela. O álcool e as drogas são o meio mais graves de sujar e maltratar sua casa.

O excesso de comida é um modo de maltratar o corpo para tentar abafar a carência de amor ou a sensação de não ser bastante bom.

Infelizmente, a maioria das pessoas deste mundo moderno tornou-se viciada em alimentos processados industrialmente, sem um real valor nutritivo.

Considero um ato de amor por nós mesmos tornarmo-nos conscientes do que ingerimos e procurarmos melhores informações sobre nutrição.

Trabalho no espelho

Esse exercício deve ser praticado com freqüência. Acorde pela manhã, olhe-se no espelho e diga: Eu te amo (seu nome) O que posso fazer de bom por você hoje? Como devo proceder para fazê-la feliz? Preste atenção à resposta dada por sua voz interior e comece a seguir suas instruções. Não desanime senão receber respostas logo de inicio. Sua mente está tão acostumada a críticas e reprimendas que demorará um pouco a reagir diante de pensamentos carinhosos e gentis.
Se algo desagradável acontecer, vá para diante do espelho assim que tiver uma oportunidade e diga: Eu te amo, apesar de tudo.
Use o espelho também para o trabalho de perdão. Perdoe aos outros e a você mesmo. É extremamente útil conversar com as pessoas visualizando sua imagem no espelho, em especial quando as convenções sociais ou outros motivos o impedem de fazê-lo cara a cara. Use o espelho pra solucionar questões não resolvidas com pais, parentes, filhos namorados, médicos, professores, etc. Ponha pra fora tudo o que você sente, tudo o que tem contra eles. Fale o que quiser, mas lembre-se sempre de terminar o exercício pedindo o amor e a aprovação dessas pessoas, pois é disso que você realmente necessita.

De modo geral as pessoas que mais encontram dificuldade em se amar são aquelas que não se mostram dispostas a perdoar. O perdão além de retirar um fardo pesado de seus ombros, é a chave que abre a porta para entrar o amor.

- O perdão concedido a si mesmo e aos outros, juntamente com o abandono das velhas mágoas, cura mais enfermidades do que qualquer remédio – (Dr. John Harison)

As afirmações feitas diante do espelho são muito eficientes porque o fazem reconhecer verdades sobre sua vida. Se por acaso você fizer uma afirmação de amor e logo ouvir em seu interior uma contestação negativa, como Que história é essa? Não pode ser verdade! Você não merece isso!, considere-a um grande presente, pois é por meio dela que você está começando a reconhecer o que o impede de progredir. Transforme a resposta negativa em uma afirmação positiva e repita-a constantemente, até ela se tornar parte de sua vida. Usando as frases do exemplo acima, transforme-as nas seguintes afirmações positivas. Eu agora mereço tudo o que é bom. Permito que minha vida seja repleta de boas experiências.

Já vi famílias inteiras mudarem porque um de seus membros dedicou-se a fazer afirmações positivas, por exemplo: “Tenho uma comunicação ótima, aberta e carinhosa com todos os membros da minha família, inclusive com minha (mãe, pai, etc., a pessoa que se mostre mais difícil)”. Fazer na frente do espelho, sempre que pensarem em sua família ou na questão.

Ame-se agora

Comece a amar-se imediatamente. Não se deixe conter por qualquer tipo de insatisfação que tenha com sua própria pessoa. A insatisfação consigo mesmo as vezes se torna um hábito e não deixa a pessoa desfrutar as coisas boas que acontecem em sua vida. Ame-se a partir desse instante. Não adie esse prazer achando que você primeiro terá de fazer este ou aquele exercício, tomar esta ou aquela medida. Lembre-se que, aprendendo a se amar o mais rápido possível, você logo começará a amar e aceitar os outros, o que tornará sua vida muito mais agradável e produtiva.

Não se pode mudar os outros, portanto deixe-os em paz. Tentar fazer alguém ser diferente é desperdiçar energia. Se você usar metade dessa energia para mudar você mesmo, você se tornará diferente e as pessoas reagirão de outra maneira a sua frente.
Você não aprende a vida com outra pessoa. Cada um tem de aprender suas próprias lições. Amar a si mesmo é o primeiro passo para se aprender sozinho, sem se deixar abater pelos comportamentos destrutivos dos que o cercam. Se por acaso você está em uma situação em que tem de conviver com uma pessoa realmente negativa que se recusa a mudar, dedique-se acima de tudo a aprender a se amar, o que o fará se afastar dela.

Extraído do livro: O PODER DENTRO DE VOCÊ de Louise L. Hay



texto interessante, espero que gostem...eu gostei de partes, mas sei que muita gente gosta dessa Autora, por isso deixei meu 'ranço' de lado - não sou chegada em textos de auto-ajuda ou que falam e pedem demais a deus - e   publico aqui pois acho que pode ajudar alguém...quem sabe?!?!?
beijokas surtadas,

p.s.: Natal tá chegando...kkkk