11 de jul de 2013

Vovó sabe tudo


por Pedro Ivo Resende

Minha avó deu pra fumar maconha. Ela costumava ficar num canto, bordando e com aquele grande baseado na boca. Eu a beijava na testa e dizia: "Vozinha, pára com isso. Não vai pegar bem pra senhora". E ela sempre calada, naquele jeito dela. Calada até este dia em que eu cheguei em casa e vi um lenço na minha cama. Ele trazia um grande "Mas vai tomar no cu, vai" bordado nele.

Vovó pegou o livro da Sebastiana Quebra-Galho, cheio de receitas, e tentou fazer um bolo. Não teve saco de esperar o negócio assar e serviu a massa crua para os netos. Eles ficaram com dor de barriga e voltaram mais cedo pra casa. Depois desse dia, vovó resolveu juntar seus trapos e sumir.

Para mim vovó tinha evoluído e virado energia, como Fernão Capelo Gaivota. Nunca ninguém soube o que havia acontecido a ela. Mas nesta noite em que estávamos sentados na sala, nos lembrando de histórias sobre a vovó, algo mágico aconteceu. No meio de uma boa recordação, Marquinhos surgiu afobado, segurando um cartão postal. Vinha da Jamaica e atrás estava escrito:

"Me esqueçam!
Vovó"

Grande vovó. No Natal vamos todos para a Jamaica nos encontrar com ela. Mal posso esperar para comprar o meu presente.


ESTAVA EU BEM BELA A PROCURAR MAIS TEXTOS INTERESSANTES PARA COLOCAR AQUI...EIS QUE ME DEPARO COM ESSE CIDADÃO QUE NA VERDADE É O VERDADEIRO AUTOR DO TEXTO QUE ONTEM COLOCAMOS E DEIXAMOS A ROSANA COM OS CABELOS EM PÉ (DIGA-SE DE PASSAGEM O GIF DO NEGÃO NOS COMENTÁRIOS DE ONTEM DISSE TUDO!!!)...
POIS BEM, ARRUMAMOS A AUTORIA E PEDIMOS DESCULPAS AO MILLOR PELO ERRO!
ESPERO QUE GOSTEM DESSE...ANTES QUE RECLAMEM
O CARA É PUBLICITÁRIO, ESCREVE FAZ ANOS E ESSE FOI UM DOS TEXTOS MAIS LIGHT QUE EU ACHEI!!! 

BEIJOKAS SURTADAS,
REGINA