29 de jul de 2014

Transforme os sentimentos ruins em aliados...

imagem

Você já se surpreendeu com alguma atitude sua? Quem nunca gritou com um amigo porque estava agindo com impulsividade? Quem nunca teve pensamentos ruins sobre uma pessoa que não lhe fez nenhum mal? E quem nunca desejou o que é do outro? Por mais que você não tenha passado por todas estas situações, certamente já viveu uma delas ou, ao menos, algo parecido, não é verdade?

Não tem como negar. Por mais que a gente tente acertar, uma hora ou outra, acabamos nos deparando com um lado de nossas personalidades que chega a nos assustar. Raiva, inveja, ciúmes, euforia, estes e outros sentimentos são inerentes a nossa existência e fazem parte de todos nós.

O que as pessoas precisam entender é que ninguém é perfeito e muito mais fácil do que negar estas características é aprender a conduzi-las. Como? Muito fácil! Aceitando que isso é normal, desde que você não prejudique alguém com estes sentimentos. Mas, será que dá para ter raiva e manter a cabeça no lugar ao mesmo tempo? Com certeza, dá!

Nestes momentos em que nossos ânimos estão exaltados, o silencio é a melhor escolha. Aquela frase de sua avó que dizia “conte de 1 a 3” é de grande sabedoria e prudência. Ao invés de revidar um desaforo, silencie e veja se vale à pena se estressar. Ao invés de desejar o que é do outro, silencie e veja como conquistar. Ao invés de agir contra o tempo, silencie e veja como a cautela e a calma podem atuar a seu favor.

Por mais difícil que isso pareça, esta reação é completamente possível. O primeiro passo é você não se culpar, já que todos nós sabemos que alguns sentimentos são tão ruins que chegam a ser vergonhosos. Lembre que errar faz parte e, realmente, é humano!
FONTE: Zastros


SEGUINDO A LINHA DA GENTILEZA:
- QUE SEU DIA SEJA MARAVILHOSO!
BEIJOKAS SURTADAS,
REGINA