12 de set de 2014

LEMBRE-SE!

IMAGEM

Seja o que for que vocês se esqueceram acerca da alegria, da paz, do amor incondicional e das bênçãos do espírito, a sua alma se lembra. Ela se lembra de que há uma conexão interna com um espaço onde vocês são livres da culpa, da vergonha e das energias que os deprimem e que fazem vocês acreditarem que são menos que perfeitos. A alma se lembra do motivo pelo qual vocês estão aqui, do propósito de cura e das tarefas que concordaram em concluir. E a alma se lembra de uma época em que vocês eram livres, inteiros, completos e viviam com alegria ilimitada. Sempre que se esquecerem de quem são, peçam para sua alma lhes lembrar.

A alma está ciente da dor que vocês experienciaram em cada existência, do medo e do desespero que sentiram ao acreditar que estavam separados da Fonte. Ela guarda essas memórias para vocês, a fim de ajudá-los a se lembrar do propósito da sua jornada de cura e dos desequilíbrios energéticos que precisam integrar novamente. Lembra-lhes que se originaram da perfeição e de que o seu caminho de cura é o que lhes trará e a toda humanidade à harmonia com a divindade.

A alma é a sua presença divina na forma física e guarda a memória da divindade até que vocês possam se reconectar com ela. A memória humana está centrada nas limitações, na carência e na imperfeição e necessita de que a alma lembre de que vocês são a luz do mundo, uma encarnação humana da Fonte, a resposta às orações para a paz e o amor. Quando vocês se esquecerem de que sua luz brilha intensamente tanto interna quanto externamente, a alma os ajudará a se lembrar.

A alma aguarda pacientemente que vocês reconheçam a sua presença, para pedir força quando sentirem que fracassaram ou que não podem continuar em sua jornada, para conectar-se com o momento de paz quando a realidade está imersa no caos. Ela mantém sob proteção suas memórias mais preciosas e cada vez que se esquecerem de quem vocês são e do motivo pelo qual estão empenhados nesta jornada, a alma terá as respostas. Vão para dentro de si mesmos, conectem-se com as belas memórias do Lar que a sua alma guarda, e encontrem a paz mediante o conhecimento de que não vieram aqui sozinhos. A parceria com a sua alma é tudo de que precisam para se lembrarem da alegria do céu e do amor que os envolve, os protege e que está à sua disposição.

Tradução de Ivete Brito - adavai@antares.com.br - www.adavai.wordpress.com/


BEIJOKAS SURTADAS,
REGINA